sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Diálogos íntimos


Envio-te
mensagens telepáticas que repito sete vezes seguidas.
Há palavras gastas que não escrevo nem digo há tanto tempo,
como: Amo-te muito. Meu amor, que saudades, vem depressa.
E outras ainda mais gastas que digo todos os dias,
como : Foda-se esta merda...



Inês Lourenço

Sem comentários:

Enviar um comentário