domingo, 13 de abril de 2014

Geografia íntima



Há um coração no meu peito que te esqueceste de levar. 
Ou virás de novo. Devia perguntar-te se fico à espera. 





 Valter Hugo Mãe