sexta-feira, 26 de dezembro de 2014




pus a mão na boca para
 amordaçar a dor, mas
 era tão mais forte que
 mesmo a mão gritou. 





 Bénédicte Houart
 (Foto de Nishe)