sábado, 5 de setembro de 2015




Sei hoje que o amor é a necessidade de dar um rosto a determinadas palavras 





 Rui Nunes