sábado, 26 de dezembro de 2009

Dias assim

Há dias assim
em que acordamos e percebemos tudo
como se tudo nos estivesse imensamente próximo
como se cada dia nascesse e morresse num abraço
como se a vida coubesse num poema

José Rui Teixeira

2 comentários:

  1. moça,
    a vida cabe num poema, sim.
    crês?

    abração do
    Roberto.

    ResponderEliminar
  2. E ás vezes em poemas tão pequenos, Roberto....
    Beijo

    ResponderEliminar