terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Talvez palavras


Leves sulcos na dureza da pele. Talvez palavras.
Sob as pedras negras jazem palavras. Possuem a intensidade da luz de uma estrela morta há milhões de anos.
Fica sempre qualquer coisa por dizer. Por fazer. E nunca sei a diferença entre uma outra indecisão.
 


Carlos Alberto Machado