terça-feira, 14 de fevereiro de 2017




Agora que tens uma casa cheia de gatos,
 um armário cheio de vestidos 
outro cheio de sapatos,
 uma caixa cheia de jóias brilhantes e coloridas
 e outra cheia de comprimidos também brilhantes e coloridos. 

 Depois de uma vida cheia de cupidos,
 pergunto se tiveste um vida cheia, 
a quantos chamaste meu amor, 
querendo dizer “meu”, dizer “amor”, 
se tens o coração cheio ou vazio em dor. 








Raquel Serejo Martins