terça-feira, 25 de setembro de 2012

Fora de combate


e dançamos a nossa valsa tão desengonçada,
 embebedamo-nos de saliva até irmos ao tapete.
Já são oito, nove, dez e estamos fora de combate.


  Manuel Cruz