quinta-feira, 30 de junho de 2016




As memórias são facturas em teu nome 
 sei que o adeus tem os seus rituais e o teu 
 é deixar-me vazia a despensa dos sonhos

 às vezes pergunto o que fizemos mal 
 vou enviar-te flores todos os outonos podes vir 
 pelas facturas pelo menos as da luz

estou às escuras por causa dos teus rituais 






 Pablo García Casado
 (Foto de Laura Makabresku)