segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Geografia íntima


o que me dói tem um nome que não obedece a mapas:
a memória é um tempo desavindo.
 



Rui Nunes